Skip directly to content

Operário vence o Comercial e precisa de uma vitória para voltar à Copa São Paulo de Juniores

Por: 
Anderson Ramos - Divulgação Operário FC
17/07/2017

 

O Operário deu sequência a sua recuperação no Campeonato Sul-Mato-Grossense Sub-19 e se colocou de vez na briga por uma vaga na Copa São Paulo de futebol júnior de 2018. Jogando contra seu maior rival, o Comercial, os garotos do Galo venceram com autoridade por 2 a 0, neste sábado (15), no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande, além de ultrapassaram o colorado, agora depende apenas de si para voltar à competição nacional, em que já representou o estado neste ano.

 

 

O Galo entrou em campo com a obrigação de vencer para seguir na disputa da competição, já que uma vitória do Comercial poderia já garantir a vaga ao rival. Com isso, o técnico Mauro Marino preparou a equipe para jogar no ataque e logo nos primeiros minutos, abriu o placar com menos de dois minutos de jogo, em bate-rebate dentro da pequena área que Marlon finalizou para o fundo da rede colorada.

 

 

 

 

No segundo tempo, o Galo voltou propondo o jogo como desejava o treinador alvinegro, e logo fez outro Gol que o bandeirinha anulou alegando que a bola saiu na linha de fundo antes do cruzamento. Em outra bola lançada na área em um escanteio batido por Lucinha, o lateral esquerdo Wender subio mais que a zaga Comercialina e de cabeça, aumentou a vantagem do Galo, que segurou a pressão colorada até o fim e conseguiu manter o resultado positivo.

 

 

Com a vitória, o Operário foi aos 10 pontos, subindo para a terceira posição, ultrapassando o próprio Comercial, que também tem 10 pontos, porém leva desvantagem nos critérios de desempate. Na última rodada, o Comercial enfrenta o União/ABC no estádio Olho do Furacão, no sábado (22), enquanto no dia seguinte (23) o Operário recebe o líder Corumbaense no mesmo estádio. A diretoria do Operário estuda a possibilidade de levar o jogo final para o estádio Pedro Pedrossian, o Morenão.

 

 

Para se classificar a Copa São Paulo e até ser campeão, o Operário precisa vencer o Carijó por uma diferença de pelo menos dois gols e que o Comercial não supere o União/ABC por um saldo maior. Já que o Comercial precisa apenas vencer por dois gols de diferença que se garante na Copinha, precisando fazer maior saldo que o Galo para ser campeão.

 

 

 

* Fotos Divulgação Operário F.C.

PATROCINADORES

Parceiro