Skip directly to content

Tai marca no último minuto e Operário/DEC vence de virada a SERC/UCDB pela Copa do Brasil de Futsal Feminina

As meninas do Galo saíram atrás do placar mas se superaram e conseguiram virar o marcador. Com o resultado o Alvinegro joga por um empate na partida de volta para avançar as semifinais.
Por: 
Lucas Mendonça Foto: Divulgação Operário F.C
02/08/2022

No último domingo (31) no Ginásio Guanandizão, o Operário Futebol Clube/Douradina Esporte Clube venceu a Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão/Universidade Católica Dom Bosco (SERC/UCDB), pelo placar de 2 a 1, em partida válida pelas quartas de finais da Copa do Brasil de Futsal Feminina. Com gol marcado por Tai no último minuto, o Galo virou o jogo e agora tem a vantagem do empate no duelo de volta para garantir a classificação na competição.

O confronto começou com a SERC/UCDB criando as primeiras oportunidades, mas os arremates paravam nas boas defesas da goleira Jhow. Até que aos seis minutos, Kamila Lobo ariscou de fora da área, o chute parecia despretensioso, mas enganou a arqueira operariana e foi parar no fundo do gol, 1 a 0 SERC/UCDB. Com o gol logo no início, o Operário passou a pressionar e ditar o seu ritmo na busca pelo empate, enquanto o adversário passou a ter mais dificuldades e o nervosismo fez a equipe estourar o limite de faltas no primeiro tempo.

O Operário/DEC teve duas chances claras para chegar a igualdade no tiro livre direto, primeiro com Tai que chutou duas vezes mas parou na goleira Vanessa. Antes do intervalo, Aninha teve outra chance frente a frente com a goleira, na primeira, a jogadora soltou a bomba, Vanessa defendeu e no rebote Aninha deu um toque por cima da arqueira mas a bola caprichosamente tocou no travessão e não entrou.

Logo aos dois minutos da segunda etapa o Galo chegou ao empate. Depois da cobrança de lateral, Carol tabelou com Aninha e na sequencia finalizou, a bola ainda bateu na goleira Vanessa antes de entrar 1 a 1.

Após o empate, o Operário/Douradina quase conseguiu a virada com Rosi que chutou na trave, Tai pegou a sobra mas chutou para fora, perdendo um gol incrível. Porém a artilheira da Copa do Brasil fez as pazes com a torcida e se redimiu nos instantes finais. Kamila Lobo cobrou a falta pelo lado esquerdo, Jhow defendeu e ligou o contra-ataque. Aninha recebeu e tocou para Tai que bateu cruzado no canto esquerdo da goleira Vanessa para marcar o seu 6 gol na competição e decretar a vitória de virada, 2 a 1.

Com o resultado positivo, o Operário/Douradina tem a vantagem do empate no jogo de volta para garantir a classificação para as semifinais. O embate está marcado para a data de 13 de agosto, sábado, às 10h no Ginásio Guanandizão.